Analytics

menu

Image Map

sexta-feira, 20 de março de 2015

Advogado ganha processo e TIM deve parar de cortar sua internet móvel

O advogado Vinicius Koptchinski Alves Barreto entrou na justiça após entender que o corte da empresa após o encerramento da franquia era abusivo, uma vez que o contrato previa internet ilimitada. A decisão saiu da 1ª Vara Cível do Fórum Regional de Santana, em São Paulo, que determinou que a operadora TIM pare de cortar a internet móvel dele.

A decisão não é definitiva e o processo tem audiência de conciliação marcada para o dia 11 de junho. O pedido foi feito pelo advogado no dia 12 de março, que anexou todos os comprovantes que as contas com TIM estavam todas pagas e não teria motivo para que a internet fosse suspensa.

Em entrevista ao 'Estadão', Vinicius disse ser cliente da operadora desde 2011. “Contratei um plano infinity, que como o próprio nome diz deveria ser infinito, que na época era muito vantajoso para mim já que tenho trabalhos externos e usava o celular para me comunicar", disse.

Ainda segundo o advogado, o problema começou quando sua internet começou a ser cortada. Aparecia a mensagem e abria direto o site para você contratar um novo pacote de dados. A TIM e outras operadoras mudaram isso do dia para noite. Passaram a não mais reduzir a velocidade e, sim, a cortar o serviço”, explicou.

Em nota, a Tim informou que ainda não recebeu a intimação com a decisão da 1ª Vara Cível. “A empresa reitera seu compromisso com a qualidade da prestação dos seus serviços e esclarece que se pronunciará no momento oportuno”, disse. 

Fonte: iBahia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...