Analytics

menu

Image Map

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Docentes da UFRB rejeitam proposta do Governo e continuam em greve

Foto: Divulgação
Reunidos em assembleia nesta quarta-feira (22), os professores da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) rejeitaram a proposta do governo de reajuste salarial de 21,3% parcelado em quatro anos e, consequentemente, aprovaram a continuidade da greve.

Na avaliação do Comando Local de Greve (CLG) dos docentes da UFRB, o que o governo tem colocado é um desrespeito frente aos movimentos organizados em todo o país, e um ataque aos direitos dos trabalhadores, haja vista que sequer tem se debruçado sobre as outras reivindicações, resumindo a negociação a questões salariais. Esse ponto, exatamente, foi bastante frisado pelos docentes, deixando claro que a luta não é apenas por questões salariais, mas, principalmente, contra os cortes na educação e em defesa da educação pública de qualidade. 

Além dessas questões que também são pauta nacional, os docentes também discutiram a situação local, em especial a negociação da pauta local e a situação orçamentária da UFRB. A assembleia docente contou com a presença da representação estudantil. Após a assembleia, os docentes se reuniram para saborear a já tradicional Maniçoba Política do CAHL.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...