Analytics

menu

Image Map

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

‘A gente em crise e os shoppings querendo lucrar mais’, critica representante de lojistas

Foto: Divulgação
Os lojistas baianos estão preocupados com os efeitos duradouros da crise econômica e até redes tradicionais têm decidido encerrar a operação em shoppings centers de Salvador. 

De acordo com o presidente da Associação de Lojistas do Salvador Shopping, Humberto Paiva, a queda na venda chegou a 25% ao mês, enquanto os aluguéis aumentaram nos últimos anos. Há cinco anos, o valor médio do aluguel do metro quadrado custava R$ 150. Hoje, o valor é de R$ 300. Além disso, os lojistas têm que pagar 20% de Fundo de Participação de Publicidade (FPP).

"Fora isso, temos as despesas normais enfrentadas pelos lojistas decorrentes da inflação e os altos custos previstos pela legislação trabalhista que se tornaram ainda mais pesados com a queda do movimento nos shoppings", explicou Paiva ao A Tarde.

O representante dos lojistas criticou ainda a cobrança de estacionamentos, que teria agravado a situação.

"Até que se cobrasse, mas um valor compatível para o momento econômico que o país está vivendo, o que já afugenta o cliente. [...] A gente enfrentando crise e os shoppings querendo lucrar mais do que antes", apontou.

O presidente da seção baiana da Associação Brasileira dos Shopping Centers (Abrasce), Edson Piaggio, negou que tenha informação de fechamento de lojas.

“Ao contrário: na crise, as lojas de shopping ainda têm conseguido melhor desempenho que os estabelecimentos de rua", alegou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...