Analytics

menu

Image Map

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

FEIRA DE SANTANA: Com inauguração de novo prédio, Senai amplia capacidade de atendimento

Imagem: Ney Silva/Acorda Cidade
O novo prédio do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) de Feira de Santana foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (16), pela Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb). Batizado com o nome do ex-prefeito do município, Joselito Falcão de Amorim, o prédio tem três pavimentos e 20 salas de aula, permitindo ao Senai ampliar a sua capacidade de atendimento na região em mais de 60% - de 1.600 para 2.600 alunos por turno em sala de aula.

Ricardo Alban, que é presidente da Fieb, destacou que esses investimentos é um resgaste para a Bahia e para o desenvolvimento social. Segundo ele, Feira de Santana é um marco inicial e representa o início de um processo de interiorização. “Estamos levando capacitação, desenvolvimento industrial para todo o Estado e essa ampliação do Senai significa mais 1.000 vagas por turno para alunos novos no Senai. Isso demostra o quando o sistema S é efetivo e leva ao desenvolvimento de melhoria da qualidade, não só de vida, como também de melhoria do nível da nossa mão de obra”, afirmou.

O presidente da Fieb destacou que essa unidade vai fornecer e vai ampliar um portfólio de produtos na linha de formação profissional. Segundo ele, com essa ampliação, o Senai sai de uma capacidade operacional de 4.884 mil, por ano, para quase 12 mil. “A gente vai dobrar essa oferta de cursos aqui em Feira de Santana, que tem uma demanda das indústrias para formação de seus quadros com aprendizagem industrial. Teremos curso de aprendizagem básica, curso técnico gratuito em parceria com o Sesi, que vai oferecer também essa formação de ensino médio com ampliação, e os cursos de qualificação profissional gratuito, que são os cursos iniciais. Toda essa oferta tem um viés gratuito”, destacou.

O ex-prefeito do município, Joselito Falcão de Amorim, 96 anos, que foi homenageado com o nome no novo prédio, afirmou que o momento requer palavras que possam significar a gratidão. Ele disse que recebe a homenagem com felicidade e alegria. “Lutei a vida toda. Fui funcionário municipal, estadual, federal, trabalhei no legislativo, no executivo e no judiciário. Para mim esse momento é ímpar. Na qualidade de professor, muitas homenagens eu recebi, mas essa de hoje é mais significativa. Não é apenas um nome na fachada de um prédio. Essa homenagem se valoriza, pois quem está oferecendo é um dos órgãos mais sérios e conceituados não só no Brasil, como internacionalmente”, destacou.

O prefeito José Ronaldo de Carvalho também participou da solenidade. Em seu discurso, ele criticou a determinação do governo de cartar 30% das verbas destinadas para o sistema S“Esse sistema deve ser respeitado pela sociedade e pelos governos. Ele tem uma parcela de contribuição muito importante para a sociedade brasileira. Milhões de pessoas ao longo dessas décadas já passaram pelo Senai e por esse sistema. Se esse corte ocorrer, trará um prejuízo inestimável ao sistema e vai diminuir a qualidade dos serviços prestados ao país”, destacou.

Ricardo Alban, também falou sobre essa redução de 30%. Segundo ele, existe uma determinação do corte e o sistema S está em negociação com o governo para encontrar uma negociação. “Esse corte significa comprometer a capacitação, a melhoria do nível social, industrial. Temos uma crise no presente e temos que pensar no pós-crise. Se estamos buscando compensar uma crise econômica com um melhor apoio social, é de total inquerência esse pensamento de corte”, afirmou.

Fonte: Acorda Cidade
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...