Analytics

menu

Image Map

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

Polícia Civil inicia investigações para apurar incêndios na Chapada Diamantina

Imagem: Vídeo Associação dos Moradores de Vale do Capão
A Polícia Civil da Bahia já está apurando as causas dos incêndios que queimaram cerca de 30 mil hectares de vegetação na Chapada Diamantina nos últimos 26 dias. Segundo Eugênio Spengler, titular da Secretaria do Meio Ambiente do Estado da Bahia (Seman), uma equipe de peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT) chegou ao local na manhã desta quinta-feira (19) e já deu início aos trabalhos, que estão sendo comandados pelo coordenador da 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Seabra), delegado Rafael Almeida Oliveira.

As apurações das causas dos incêndios foram determinadas pelo governador Rui Costa, que sobrevoou as áreas afetadas pelo fogo na manhã da última terça-feira (17). No mesmo dia, Rui se reuniu com prefeitos de cidades atingidas pelas chamas e disse que “há indícios de que (os incêndios) foram provocados intencionalmente”

O secretário Eugênio Spengler – que está na Chapada Diamantina acompanhado as ações de combate ao fogo – também afirmou que há indícios de que as queimadas foram provocadas por ação humana. “Nesse momento o nosso foco é em debelar as chamas, mas nós já temos fortes indícios de que o fogo foi provocado pelo homem”, disse.

De acordo com o DPT, os peritos irão sobrevoar o local atingido pelas chamas para dar início ao trabalho de apuração. O Departamento, no entanto, não soube informar quantos peritos trabalham nas investigações nem quando ocorrerá o sobrevoo. O CORREIO também entrou em contato com o delegado Rafael Almeida, mas não obteve retorno.

Até o momento, o fogo já foi controlado em Lençois (nas proximidades do Morro do Pai Inácio, Cercado, margens da BR 242 e Mucugezinho), em Palmeiras (comunidade de São João, Morrão e Morro do Camelo) e em Ibicoara. As chamas ainda continuam na em Palmeiras (Morro Branco e Barro Branco e Parque dos Cristais). Nesses locais, equipes do corpo de bombeiros e brigadistas trabalham para impedir a propagação das chamas.

Em nota, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) informou dois focos de incêndio localizados dentro do Parque Nacional da Chapada Diamantina já estão sob controle. “O que atinge a região do Rio Mucugezinho já está sob controle e a equipe de combate realiza agora o trabalho de rescaldo. O outro incêndio dentro do Parque atinge a região do Vale do Capão e é o que mais desperta preocupação, já que fica em uma área de difícil acesso”.

Um novo foco de incêndio foi detectado nos municípios de Jacobina e Pindobaçu, localizados nas imediações de Senhor do Bonfim. Segundo o secretário, 26 brigadistas atuam no combate ao fogo nesses locais, além de aviões que fazem lançamentos de água sobre as chamas.

Ontem pela manhã, dois aviões da Força Aérea Brasileira entraram em operação. Uma aeronave C-130 Hércules, com capacidade para 12 mil litros de água e um helicóptero Super Puma, com espaço para 16 passageiros, ajudam no combate ao fogo. Além deles, outras 11 aeronaves Air Tractor enviadas pelo governo do Estado - sete aviões com capacidade para 2 mil litros de água e quatro helicópteros - estão sendo utilizados no combate aos focos de incêndio.
Fonte: iBahia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...