Analytics

menu

Image Map

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Processo de cassação contra Cunha é instaurado no Conselho de Ética da Câmara

Foto: Agência Brasil
O pedido de cassação do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), foi instaurado no início da tarde desta terça-feira (3), 21 dias após ser protocolado no Conselho de Ética da Casa.

Cunha é acusado de corrupção e lavagem de dinheiro, além de ter contas secretas na Suíça das quais ele e sua esposa, Cláudia Cruz, são beneficiários.

Na sessão desta tarde, foram sorteados três deputados que podem fazer a relatoria do caso. O presidente do Conselho, José Carlos Araújo (PSD-BA), deve escolher entre Zé Geraldo (PT-PA), Vinicius Gurgel (PR-AP) e Fausto Pinato (PRB-SP). 

Dos 21 membros do Conselho de Ética, 15 não tinham nenhum impedimento para relatar o caso e participaram do sorteio. Segundo a norma, o relator não pode ter sido presidente do colegiado, ser do mesmo partido ou do mesmo estado de Eduardo Cunha, ou integrar a sigla que entrou com a representação pedindo a cassação do mandato. 

Cacá Leão (PP-BA) e Wladimir Costa (SD-PA) estavam de licença médica nesta tarde e não participaram do sorteio. De acordo com a Folha, a especulação dos bastidores é que Araújo deve conversar com os três sorteados antes de decidir qual deles será responsável pelo processo. 

A decisão será anunciada nesta quarta (4). Araújo é desafeto de Cunha e tem afirmado que quer dar celeridade ao processo e encerrá-lo antes do fim do ano.

Fonte: Agência Brasil
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...