Analytics

menu

Image Map

domingo, 8 de novembro de 2015

‘Quem viver muito terá câncer de próstata’, crava urologista sobre doença no futuro

Imagem: Divulgação
O câncer de próstata é a segunda doença que mais mata homens no Brasil, perdendo apenas para o câncer de pele, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca). Só este ano, 3.450 novos casos da enfermidade devem ser registrados na Bahia, de acordo com a Secretaria da Saúde estadual (Sesab).

Na capital baiana, de janeiro a outubro de 2015, 165 homens morreram em decorrência da doença, segundo levantamento da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). A alta letalidade e incidência da doença no sexo masculino é fruto da falta de prevenção da enfermidade, que, se diagnosticada precocemente, pode ser curável em até 90% dos casos.

Para conscientizar a população masculina sobre a importância de se prevenir do tumor maligno da próstata, foi lançada a campanha internacional “Novembro Azul”.

De acordo com o coordenador do Núcleo de Urologia do Hospital da Bahia, Juarez Andrade, o preconceito dos homens com o exame de toque, um dos mais eficazes na detecção da doença, ainda continua sendo um dos principais empecilhos na prevenção do câncer de próstata no Brasil.

Fonte: Bahia Notícias
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...