Analytics

menu

Image Map

terça-feira, 17 de novembro de 2015

Representantes da Samarco admitem risco de rompimento de outras duas barragens

Imagem: Corpo de Bombeiros/Reprodução
Representantes da mineradora Samarco, de propriedade da Vale e da anglo-australiana BHP, admitiram nesta terça-feira (17) o risco de rompimento das barragens de Santarém e Germano, situadas próximas à barragem rompida em Mariana (MG), no último dia 5. “Tem o risco e nós, para aumentar o fator de segurança e reduzirmos o risco, nós estamos fazendo as ações emergenciais necessárias”, declarou o gerente-geral de projetos estruturais da Samarco, Germano Lopes, durante entrevista coletiva.

Segundo informações do portal G1, o diretor de operações e infraestrutura da Samarco, Kléber Terra, afirmou também que o fator de segurança na barragem de Santarém é de 1,37 em uma escala de 0 a 2, o que significa uma estabilidade de 37% acima do equilíbrio limite de 1. Lopes, por sua vez, disse que o dique Selinha, uma das estruturas envolvidas, tem índice de 1,22, o menor em todo o complexo. Ele ainda acrescentou que o fator de segurança é estabelecido pela NBR 13028, que prevê, para estruturas numa condição normal de operação, o fator  mínimo de de 1,5. Em condições adversas, é admitido fator de segurança é de 1,3. Ainda conforme Lopes, o índice igual a 1 representa que a estrutura está no limite de equilíbrio.

Fonte: Bahia Notícias
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...