Analytics

menu

Image Map

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

Camaçari: Vereador é preso durante sessão e pode ser condenado a mais de 12 anos de prisão

Foto: Reprodução
O pré-candidato a prefeito de Camaçari pelo DEM, Antonio Elinaldo, pode ser condenado a mais de 12 anos de prisão. De acordo com a delegada Débora Freitas, esta é a pena mínimal, já que o vereador do município da Região Metropolitana de Salvador responde por lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Durante coletiva de imprensa, na tarde desta quinta-feira (10), na sede do Draco (Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado), na Pituba, o promotor de justiça, Everardo Yunes e o diretor do departamento, Jorge Figueiredo, explicaram as motivações das prisões.

A organização criminosa atuava há 28 anos em Camaçari e municípios limítrofes da cidade. Elinaldo foi considerado o chefe da organização, que nos últimos três anos movimentou mais de R$ 5 milhões. O irmão do vereador, Cristiano Araújo, também era o articulador principal da organização.

Cerca de 80 pessoas estão envolvidas no esquema. De acordo com Figueiredo, foi necessário prender inicialmente a cúpula da organização. Yunes reforçou que não foram usadas provas testemunhais e sim técnicas.

Sem reação 

O vereador de Camaçari, Antonio Elinaldo, preso na manhã desta quinta-feira, durante sessão na Câmara Municipal, não reagiu a prisão. De acordo com a delegada Débora Freitas, o edil já tinha prestado depoimento anteriormente e apresentado defesa. Por isso, não teria reagido ao ato hoje. 

A delegada ainda afirma que o vereador nada disse até o momento e já foi encaminhado a cadeia pública.

Fonte: Bocão News
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...