Analytics

menu

Image Map

sábado, 20 de fevereiro de 2016

Gov. Mangabeira: Marcelo Pedreira fala sobre as acusações de corrupção

Foto: Reprodução
Acusado de ser o operador de um suposto esquema de corrupção no Recôncavo Baiano, o procurador da Câmara do município de São Francisco do Conde e pré-candidato a prefeito no município de Governador Mangabeira, Marcelo Pedreira, em contato com o Bocão News, se mostrou indignado, prometeu processar o denunciante e alegou que as acusações foram feitas “com fins meramente eleitoreiros”. De acordo com a denúncia feita por Luciano Reis, que se diz integrante de um grupo de combate à corrupção no município, uma das destinações dos recursos do suposto esquema seria o financiamento da campanha de Pedreira nas eleições municipais deste ano.

Pedreira acusou o denunciante de fugir à verdade e alegou que Luciano Reis está associado ao grupo liderado pela prefeita de governador Mangabeira, Domingas Paixão, e ao presidente da Câmara do município, Edgar Henrique. “Este grupo de combate à corrupção é uma ficção. O objetivo real é atingir a minha imagem, uma vez que meu nome desponta como favorito para vencer as eleições de 2016”, acusou.

Sobre a vinculação com o deputado federal José Carlos Araújo, Pedreira garante que não tem relação política com o parlamentar desde o ano 2008 e também jura de pés juntos que todas as pessoas nomeadas na Câmara e Prefeitura de São Francisco do Conde trabalham regularmente.

“Como os próprios gestores de São Francisco do Conde já afirmaram, estes servidores exercem suas funções corretamente, muitos deles desde 2009”. No que diz respeito às empresas denunciadas, Marcelo enfatiza que todas elas foram “contratadas mediante processos licitatórios regulares e legais”.

Segundo o advogado, uma das provas da "inconsistência" da denúncia é a citação do vereador de Governador Mangabeira, Albano Fonseca. “Só este fato já comprova a mentira. Albano, nos seus 48 anos de vida, esteve uma única vez no município de São Francisco do Conde para participar de uma partida de futebol e nem conhece o prefeito e o presidente da Câmara. Na verdade, estão tentando requentar uma falsa denúncia já veiculada e respondida no ano passado”, enfatiza.

Marcelo Pedreira ainda acrescenta que o “pseudo grupo de combate à corrupção” jamais se manifestou acerca da Operação Cabeças, deflagrada pela Polícia Federal e onde a prefeita de Governador Mangabeira e o presidente da Câmara de Vereadores deste município são denunciados e investigados. “O curioso é que a denúncia contra minha pessoa se dá exatamente num ano eleitoral. Eles estão é com medo das urnas”, afirma o procurador, que garante já estar tomando todas as medidas judiciais cabíveis. “Quero que a Justiça seja feita. Estou absolutamente tranquilo quanto à minha atuação política e profissional”.

Fonte: Marivaldo Filho
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...