Analytics

menu

Image Map

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Governo quer urgência em projeto que reduz salário de Dilma e ministros

Foto: Reprodução
Líderes da base reunidos nesta terça-feira (23) com o ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, assinaram uma ordem de urgência constitucional para que o Projeto de Decreto Legislativo (PDCO) nº 295/15, que trata da reforma administrativa e da redução de salários do Executivo, tenha prioridade nas votações na Câmara.

O objetivo do governo é que o projeto chegue a Plenário para ser votado ainda esta semana. A decisão ocorre após quatro meses da promessa de Dilma de reduzir em 10% o próprio salário, do vice e dos 31 ministros. A medida não saiu do papel e todos continuam recebendo R$ 30.934,70 por mês. 

Além disso, dos 3 mil cargos comissionados que o governo cortaria, apenas 528 foram extintos até agora. O Ministério do Planejamento afirmou que a medida está em curso e sendo feita de maneira gradual e que para esta semana há previsão de publicação de decretos com redução de aproximadamente mais 140 cargos. 

O Planejamento esclareceu que nunca culpou a burocracia pela demora para que a redução de salários do Executivo. Segundo a pasta, desde o dia 6 de outubro do ano passado, quando o projeto foi encaminhado ao Congresso, "o governo não deixou de envidar esforços para que o decreto fosse rapidamente analisado pelos congressistas". 

A Secretaria de Governo justificou que não é culpa do Legislativo a demora e que o projeto está obedecendo aos trâmites legislativos. A presidente, argumenta a pasta, não descumpriu a promessa já que encaminhou a proposta ao Congresso e ainda segue com o compromisso de redução salarial, no entanto, o projeto precisa obedecer o rito natural.

Fonte: Estadão Conteúdo
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...