Analytics

menu

Image Map

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Nova fase da Lava Jato é batizada de Acarajé, nome usado para designar propina

Imagem: Google Imagens
Operação Acarajé. Esse é o nome da 23 ª fase da Lava Jato e se refere ao nome dado pela turma do marqueteiro baiano, João Santana, que fez campanhas para o PT em 2010, 2006 e 2014, para designar propina. O operador de propinas Zwi Skornik foi preso e há um segundo mandado de prisão contra o marqueteiro João Santana, que deve ser preso ao retornar do exterior.

João Santana se tornou alvo da Lava Jato depois que a PF encontrou na casa do operador Zwi Skornicki um papel com os números de duas de suas contas no exterior, na Inglaterra e nos Estados Unidos. Segundo o site O Antagonista, a força-tarefa aponta que João Santana, o Feira, teve dinheiro “liberado” pela Odebrecht, de acordo com uma mensagem de Marcelo Odebrecht. A Lava Jato diz que o marqueteiro de Dilma, João Santana, recebeu 7 milhões de dólares no exterior, através de Zwi Skornicki. 

Fonte: Bocão News
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...