Analytics

menu

Image Map

terça-feira, 19 de abril de 2016

Dilma diz que governo não aceitou barganha proposta por Eduardo Cunha

Foto: Reprodução
Em entrevista a veículos internacionais, na manhã desta terça-feira (19), a presidente Dilma Rousseff afirmou que é vítima de um processo de impeachment baseado em uma "flagrante injustiça" e em uma "fraude jurídica e política".

Segundo a presidente, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o presidente da Câmara, é motivado exclusivamente por vingança. 

"Ele queria três votos do partido do governo para inviabilizar o prosseguimento do seu pedido de afastamento, que tramita dentro da Comissão de Ética. Nós recusamos a fazer essa barganha", disse. 

Para Dilma, o processo corre dentro de contexto de "quanto pior, melhor". 

"Ele achava que se houvesse um processo de impeachment contra a presidente, ele sairia dessa questão de forma a não ser prejudicado", pontuou. A presidente voltou a falar que não pesa contra ela nenhuma denúncia de corrupção. 

"Sou vítima de um processo em que os meus julgadores, principalmente o presidente da Câmara, tem um retrospecto que não o abona para ser juiz de nada, o abona para ser réu", disse.

Fonte: BN
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...