Analytics

menu

Image Map

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Salvador: Quatro pessoas caem em cratera no Largo dos Mares

Foto: Evandro Veiga/CORREIO
Um grande buraco se formou no estacionamento do Largo dos Mares, na entrada para o bairro do Uruguai, depois que a tubulação da rede esgoto da região se rompeu nessa terça-feira (23). De acordo com pessoas que trabalham no local, quatro homens, um deles numa moto, estavam no largo quando o asfalto cedeu e eles caíram. A Transalvador registrou queda de duas motos no buraco e uma ocorrência de um veículo que ficou suspenso.

De acordo com um técnico da Embasa, a cratera possui aproximadamente seis metros de comprimento por três de largura. Segundo ele, o buraco teria se formado porque a manilha de concreto da tubulação que passa pelo local já estava muito velha e foi corroída pelo esgoto ao longo do tempo.

O mototaxista Gildomar Monteiro, que trabalha no local há cerca de dois anos, caiu no buraco com outros dois colegas e o filho de um deles. “A gente estava batendo papo, como costumamos fazer, eu estava sentado na moto e só vi a terra descendo. Todos nós caímos. Marcos subiu primeiro e puxou um colega, em seguida eu subi e puxamos o filho dele”, relatou.

Segundo Gildomar, Marcos, que também é mototaxista, começou a sentir dores logo em seguida e eles acionaram o Serviço de Atendimento Móvel (SAMU). De acordo com ele, o colega foi encaminhado para o Hospital Geral do Estado (HGE) e fraturou duas costelas. Gildomar sofreu ferimentos leves nos braços. A moto dele foi a única que caiu e precisou ser removida para o pátio da Embasa. “Acredito que foi perda total e eu estou sem poder trabalhar, é meu meio de vida”, desabafa.

O local só foi isolado ontem à noite, depois que outra moto caiu no buraco. “Tivemos que amarrar a moto e puxar com uma retroescavadeira”, contou o técnico. De acordo com a assessoria da Transalvador, no entanto, no momento da queda do carro e da moto, por volta das 17h30, não havia ninguém nos veículos e não houveram feridos. O local funciona como Zona Azul.

A empresária Márcia Moura Pimentel, 39, já havia chamado a Embasa duas semanas antes por causa de infiltrações na sua loja. “Eu já tinha acionado eles antes de acontecer. Só depois da tragédia foi que vieram”, conta ela, que desde que começou o vazamento precisa remover, de duas em duas horas, a água acumulada no estabelecimento.

Segundo a empresária, o mesmo problema aconteceu há dois anos e foi preciso colocar piso na parede da loja, localizada no Edifício Inhambupe. “Não adiantou, tá tudo molhado aí de novo. Tem uma ‘boca de lobo’ na calçada no fundo da loja e a infiltração vem de lá. Estamos preocupados até com a estrutura do prédio”, denuncia. Para alívio de Márcia, os técnicos a informaram que o problema seria solucionado ainda na tarde de hoje.

Em nota, a Embasa informou que os técnicos da empresa estão trabalhando para reparar o trecho. De acordo com o órgão, a previsão é que o serviço seja concluído no domingo, por causa das chuvas e da alta complexidade. Nem o abastecimento de água da região nem o trânsito foram comprometidos.

Fonte: Correio
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...