Analytics

menu

Image Map

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Suspeita de entregar criança de dois anos a coronel suspeito de estupro vai para presídio

Suspeita Thuane dos Santos Pimenta | Foto: Henrique Coelho / G1
A mulher suspeita de entregar uma menina de dois anos para o coronel reformado da PM Pedro Chavarry, acusado de estupro de vulnerável, foi encaminhada para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu. Thuane dos Santos Pimenta saiu da Delegacia da Criança e Adolescente Vítima nesta quarta-feira (14), onde iniciou o cumprimento da prisão temporária de 30 dias.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro vai colher nesta quarta o depoimento dos policiais militares que prenderam o coronel reformado quando ele estava com uma menina de 2 anos nua em seu carro. O coronel também foi flagrado tentando subornar os policiais.

De acordo com o G1, a menina está abalada e com medo, mas já recebe atendimento médico e psicológico do governo, juntamente com sua família. A mãe da menina disse que conhecia Thuane.

"Ela teve a cara de pau de chegar lá na minha casa, minha filha estava brincando, minha filha estava se divertindo, e ela chegou lá e pediu à minha filha para tirar uma foto, e tenho certeza de que ela vendeu minha filha para esse homem", declarou a mãe da vítima.

Nesta terça-feira (13) a polícia ouviu três mães que vivem na comunidade Uga Uga, próximo ao Complexo da Maré, onde também mora a família da criança. As depoentes foram espontaneamente falar sobre a relação que tinham com o coronel, para colaborar com a investigação.

Relatos indicam que o coronel frequentava a comunidade Uga Uga há pelo menos 20 anos e contratava as mulheres para pequenos serviços e faxinas. Enquanto elas trabalhavam, o militar se oferecia para ficar com as crianças.

"Aí não sei onde que ficava porque ele pegava as crianças com a gente na porta da nossa casa e levava. A gente vinha para a faxina", disse uma delas.

Saiba sobre o caso:

Um coronel reformado da Polícia Militar foi preso na madrugada deste domingo (11) suspeito de estuprar uma menina de dois anos. A criança estava completamente nua dentro do veículo do policial. O flagrante aconteceu no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro.

Os agentes chegaram até o oficial depois que uma denúncia anônima informou que um homem estava com uma criança nua que chorava muito, dentro de um veículo Jetta branco estacionado em um posto de gasolina.

De acordo com o Extra, ao perceber que os policiais dariam continuidade à ocorrência, Pedro Chavarry Duarte ainda tentou subornar os militares. Um deles começou a filmar a tentativa do oficial.

"Resolvo tudo na segunda-feira. Na segunda vai fazer sol. Tá ventando hoje. Vamos acabar com essa ocorrência", teria dito Chavarry Duarte.

PMs relataram que o coronel ainda ofereceu vantagens e fez gestos como quem oferece dinheiro. Em seguida, uma mulher não identificada apareceu no local e disse que era a responsável pela menina, já que a mãe estava presa. Outra mulher chegou minutos depois, com a certidão de nascimento da vítima, e disse que o oficial dava dinheiro para sair com a criança.

O coronel foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e corrupção ativa. A menina foi entregue aos responsáveis legais e será encaminhada à Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) para entrevista de revelação. Cópias do procedimento serão encaminhadas ao Conselho Tutelar e à 21ª DP para dar continuidade à investigação.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...