Analytics

menu

Image Map

segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Opinião: Denúncia de vereador compromete o legislativo e executivo feirense

Vereador David Neto| Foto: Vicen Ferreres
Por Sérgio Jones
Em Feira de Santana, a exemplo do que ocorre em outras cidades brasileiras, a corrupção através do uso máquina administrativa do município, mancomunada com o legislativo têm se tornado uma prática corriqueira. Mas como nada é eterno, como diz o velho e bom ditado popular: a casa começa a cair. Estas práticas nefastas e atentatórias contra o erário e os interesses da população têm sido adotadas, ao longo do tempo, tendo como objetivo a perpetuação dos mesmos nos podres poderes. Para que isso aconteça, eles partem para o vale tudo, na certeza da impunidade. Estes velhos caudilhos não se deram contas, ainda, que os ventos estão soprando em outras direções, por isso mesmo, persistem nas velhas práticas.

Durante realização de uma sessão no dia 05 de dezembro de 2016,  denúncia feita no plenário da Câmara Municipal de Feira de Santana, pelo líder do governo vereador José Carneiro (PSDB), sobre a suspeita da existência  de fraude envolvendo a publicação do edital do Sindicato dos Trabalhadores Cooperantes em Cooperativas de Trabalho no Setor Administrativo do Estado da Bahia (SINTRACEBA). Aponta que a convocação das assembleias tinha como finalidade obrigar os cooperados a se sindicalizar. Aproveitando a janela aberta pelo líder do governo na Câmara. O vereador David Neto (DEM), que não conseguiu a sua reeleição no último pleito, em aparte afirmou que os seus colegas vereadores participavam do esquema. O que causou um mal estar geral.

Em seguida, ele abriu as baterias e deu início a delação afirmando categoricamente a existência de repasse de parte dos salários recebidos pelos servidores do Poder Legislativo para os edis, além de que os trabalhadores cooperados do legislativo e do executivo, estes eram também obrigados a repassarem, parte dos salários, para os edis.

Demonstrando completa indignação com as denúncias feitas por Neto, o presidente do legislativo, Reinaldo Miranda (PHS) conhecido pela alcunha de Ronny. Admitiu ignorar o fato e que irá adotar as medidas necessárias, tendo como objetivo esclarecer e apurar a veracidade da denúncia. Importante esclarecer que o prefeito ZEROnaldo dispõe do apoio da maioria dos legisladores, algo em torno de 99%.

Tais denúncias proferidas pelo vereador Neto atingem ambos os poderes, legislativo e executivo, que em Feira de Santana atuam juntos como verdadeiros irmãos siameses. As indicações das pessoas, feitas por parte dos legisladores eram direcionadas para que elas atuassem no município, através dos famigerados contratos elaborados pelas cooperativas. Segundo informações que circulam nos bastidores da Câmara Municipal, a Promotoria de Justiça de Feira de Santana já procedeu à intimação do edil para que ele preste os devidos esclarecimentos, sobre as eventuais irregularidades apontadas pelo mesmo.

Sergio Jones é Jornalista formado pela FACOM-UFBA

*As opiniões emitidas em artigos assinados no site Diário da Notícia são de inteira e única responsabilidade dos seus autores.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...