Analytics

menu

Image Map

terça-feira, 25 de julho de 2017

Cachoeira: Médico de Posto da Opalma agride paciente que quase vai a óbito

Imagem: Ilustrativa | Portal Palotina
No final do mês passado, José Carlos da Silva, 54 anos, aposentado por invalidez, portador de cardiopatia, ao buscar atendimento no Posto Médico da Opalma, zona rural da Cachoeira, sentindo muitas dores, o médico nem o examinou, apenas prescreveu um medicamento. Ao sair, o paciente comentou com a recepcionista, “o médico sequer mediu minha pressão, apenas passou uma receita,” o médico ouviu o comentário. No trajeto, já próximo de sua residência, um emissário do médico, em referência, o alcançou, com um recado do profissional, pedindo-lhe que retornasse para receber o atendimento e dinheiro para comprar o medicamento indicado na receita. Ao adentrar ao ambiente, para atender ao chamado, José Carlos da Silva foi agredido com sucessivos tapas desferidos pelo médico, gerando grande alvoroço e apreensão no local, à vista do estado de saúde da vítima. A jovem Sheyla Cristiane Nery da Silva, moradora da Opalma, relatou o ocorrido a reportagem do Jornal O Guarany, que também ouviu a versão da vítima, José Carlos da Silva.

Fúria

Ainda segundo informações do Jornal O Guarany, o médico tentou calar o paciente agredido, abriu sua carteira, em seguida, atirou-lhe na cara cédulas de dinheiro, ao tempo em que pedia-lhe que saísse do local.

As enfermeiras e outros servidores do Posto de Saúde socorreram a vítima, no mesmo local, em seguida, em caráter de urgência foi conduzido ao Hospital da Santa Casa da Cachoeira, pelo dentista do mencionado Posto, onde foi recebido com a devida atenção e submetido aos procedimentos que seu caso requer.

Reação da comunidade

No dia seguinte, o médico ofensor ao chegar no referido Posto, foi impedido pelo povo da comunidade de adentrar à unidade de saúde, como uma forma de protesto pelo seu comportamento.

Vale pontuar, que José Carlos da Silva, segundo ele próprio atesta, foi sempre muito bem recebido e tratado no referido Posto Médico, pelos médicos, enfermeiras e demais profissionais da saúde. Lamenta a ocorrência, pois, tem apreço pelos serviços prestados pelo referido Posto de Saúde, ainda mais para uma pessoa em sua posição, sempre dependente de atendimento médico.

A reportagem do Jornal O Guarany enviou até o Posto Médico na Opalma um emissário de sua redação para ouvir a versão do médico, mas não o encontrou.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...