Analytics

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Seis pessoas morrem e quatro ficam feridas em acidente na BR-324

Fotos: Ed Santos | Acorda Cidade
Seis pessoas morreram e quatro ficaram feridas em um acidente no KM-463 da BR-324, na manhã desta quinta-feira (27). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), houve uma colisão frontal entre dois carros: um Fiat Uno (licença de Salvador), com duas pessoas, e um GM/ Vectra (de Ribeira do Pombal), com oito ocupantes, todos ciganos e da mesma família. O acidente ocorreu por volta das 10h30, no trecho entre as cidades de Tanquinho e Riachão do Jacuípe.

Morreram no Vectra prata de placa CRG-9753: Suelis Cerqueira Cardoso, 27 anos, a filha Poliana Cardoso da Costa, 6, o marido de Suelis, Targino Cardoso da Costa, 32, que estava dirigindo o carro, e o pai dele, Jeová Lima da Costa.

No Uno branco de placa OCU-8233 morreram o motorista Robson Pinheiro da Cruz, 36 anos, e Adilson Ramos dos Santos, 27.
Ficaram feridos: Lohana Cardoso da Costa, de 1 ano e 6 meses, a mãe dela, Taciele Cerqueira Cardoso, 25, que teve ferimentos leves, o marido de Taciele e pai de Lohana, Thayhobby Costa Cardoso, o avô da criança e pai de Thayhobby, e Robério Cordeiro Cardoso. A criança foi socorrida para o Hospital Estadual da Criança (HEC), em Feira de Santana, e Thayhobby foi levado para o Hospital Geral do Estado (HGE), em Salvador.  O estado de saúde deles não foi divulgado. O socorro foi prestado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O inspetor da PRF, Emerson Fontes, disse ao Acorda Cidade que uma ultrapassagem proibida pode ter causado o acidente. A família seguia de Conceição da Feira para Retirolândia quando a colisão aconteceu.

“O cenário do acidente já indica que é a mesma causa que provoca acidentes no Brasil com a maior quantidade de vítimas fatais, a ultrapassagem em local proibido. Este é um local de faixa continua amarela, que proíbe a ultrapassagem, e um dos carros insistiu nesta ultrapassagem e colidiu de frente com o outro veículo", disse o policial.

A sobrevivente Taciele, que sofreu um corte na perna direita, disse ao Acorda Cidade que na hora do acidente não estava chovendo e que a ultrapassagem proibida foi feita pelo condutor do Uno.

Fonte: Acorda Cidade
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...