Analytics

menu

Image Map

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Cachoeira: Moradora da zona rural reclama de falta de acesso à estrada

Fotos: Reprodução | Youtube Diário da Notícia
Uma moradora do Engenho Novo de Santa Catarina, localidade também conhecida como Buraco da Raposa, na região da Opalma, zona rural de Cachoeira, reclama que o acesso à sua casa está impossibilitado por causa de um vizinho que fechou a estrada existente para fazer pasto. Com o tempo chuvoso a situação piora muito, consequentemente, ela e sua família estão passando por diversas dificuldades.

A agricultora Glória Borges, em contato com o Diário da Notícia, informou que um vizinho fechou o acesso da área que era pra ser uma estrada e fez um pasto, impedindo assim a manutenção e os reparos por parte da prefeitura. Glória mora na localidade quilombola há 25 anos e há 15 vem passando por este sofrimento. Ela gravou um vídeo mostrando a situação (veja abaixo).

Ainda segundo a agricultora, sua filha passou mal no dia que entrou em contato com a reportagem e a ambulância não teve como chegar até sua residência e no local marcado, quando ela chegou, o socorro médico já tinha ido embora porque ela teve que conduzir sua filha em uma carroça, até a estrada e demorou muito. "São 553 metros de estrada que o vizinho pegou e fez pasto. Ele é posseiro igualmente a mim, são terras quilombolas e ninguém aqui é dono, por isso ele não tem direito de fazer o que fez," disse.
Questionada se já procurou o sindicato, a prefeitura ou a justiça, ela informa que "nem o Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Cachoeira e nenhuma outra instituição tomou providências quanto a isto. Estou com um advogado tentando resolver na justiça, mas ele diz que por falta de juiz na cidade o processo está parado," relata.

Glória informou que não tem para onde ir, pois, vive da terra e precisa do acesso para garantir o seu sustento e da sua família, além de usufruir do seu direito de ir e vir. "Meu marido comprou uma moto e nunca pôde trazer em casa, fica na casa de outras pessoas porque não tem condições de chegar aqui. Quando vou trabalhar, tenho que acordar 2:30 da madrugada pra dar tempo de pegar o transporte. Se eu faço uma feira, tenho que ficar na estrada, pra depois colocar um boi na carroça para poder transportar. É uma situação lamentável," finaliza.

Veja vídeo:

Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...