Analytics

menu

Image Map

terça-feira, 14 de julho de 2015

MURITIBA: Falso médico é denunciado pelo Conselho de Saúde

Atualizada 11:15
O Conselho Municipal de Saúde (CMS) da cidade de Muritiba, Recôncavo Baiano, denunciou hoje (14) na abertura dos trabalhos do segundo semestre da Câmara Municipal de Muritiba (CMM), a atuação de um falso médico no Hospital Municipal da cidade.

Segundo o vereador Zé Carlos Brandão Filho, o falso médico, que se chama Luiz Carlos Magalhães Pereira, trabalha como diretor médico do Hospital Municipal de Muritiba e também atua na UPA 24Hs da cidade de Cruz das Almas.


Em entrevista ao Diário da Notícia, o vereador Zé Carlos falou que o falso médico já trabalhou na cidade desde o primeiro mandato do Prefeito Roque Luiz Dias dos Santos (Roque Isquem).

"O Luiz Magalhães trabalhou aqui na outra gestão do prefeito Roque Isquem [2005/2008] e também já foi condenado por exercício ilegal da profissão na cidade da Cachoeira" [BA], falou o vereador.

A reportagem do Diário da Notícia procurou o ex-líder do governo e atual presidente da CMM, vereador Keleu e ele nos disse que no momento em que soube da denúncia no plenário da Casa, entrou em contato com a Secretária de Saúde do município, Aldineide Sousa Santos, para marcar uma participação dela na Casa Legislativa, se possível junto com o acusado para explicarem esta situação.

"A secretária me falou que está sabendo da situação e que Luiz Magalhães já está livre do processo que aconteceu [em Cachoeira]. Na próxima semana eu já convoquei a secretária para se pronunciar aqui na Câmara, ou dr. Luiz, pois temos que ouvir as duas partes para esclarecer o problema e caso tenha um problema, com certeza o prefeito vai tomar uma atitude", disse Keleu.

Falsa Médica

No último dia 05 de julho, uma falsa médica foi presa no município de Governador Mangabeira, Recôncavo Baiano, utilizando um registro falso se passando por uma médica que na realidade é da cidade de Barra da Estiva.

Segundo fontes, esta falsa médica já atuou também na cidade de Muritiba, inclusive ela estava no plantão no qual houve o falecimento do funcionário público, o vigilante Edvaldo Conceição Lima, onde a família do vigilante se desesperou com a morte dele e iniciaram um quebra-quebra no Hospital Municipal de Muritiba.


Ainda segundo a fonte, o Diretor Médico do Hospital Municipal de Muritiba, Luiz Carlos Magalhães Pereira, assinou o atestado de óbito do vigilante.

Abaixo a cópia da denúncia:


Diário da Notícia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...