Analytics

menu

Image Map

quarta-feira, 28 de outubro de 2015

FEIRA DE SANTANA: Mulher mata outra com 50 facadas, esconde corpo em colchão e tenta fugir em carroça

Imagem: Aldo Matos
Durante uma briga a jovem de 20 anos, Thaiure Silva De Araujo, foi assassinada com cerca de 50 facadas na tarde desta quarta-feira (28) no interior de uma residência, na Avenida Canal, no bairro Rua Nova, próximo ao Centro de Abastecimento, em Feira de Santana. A suspeita do crime foi flagrada por volta das 14h30 quando tentava transportar o corpo escondido dentro de um colchão, em uma carroça.

Durante o trajeto ainda próximo à residência a suspeita, Thais Fortunada dos Santos, 20 anos, caiu da carroça e bateu a cabeça. Ela também foi espancada e em seguida socorrida por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Geral Clériston Andrade.

Thais recebeu voz de prisão em flagrante, ainda no hospital, pelo delegado João Rodrigo Uzzum, na presença da mãe. A faca possivelmente usada no crime foi encontrada e apreendida dentro da casa, onde também foi encontrada uma fronha manchada de sangue. Supõe-se que o homicídio ocorreu dentro do quarto, que estava ensanguentado. A Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios, já iniciou as investigações. Existe a suspeita de crime passional, mas o motivo ainda é desconhecido.

A vítima foi assassinada com golpes nos braços, barriga, tórax e costas, e convivia com a suspeita do assassinato. De acordo com o soldado PM Kruschewsky, do Moto Patrulhamento da 64ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM), populares informaram que um motociclista estava passando e viu o corpo na carroça e acionou a polícia. “Viemos correndo e quando chegamos já estava o tumulto aqui. Segundo populares elas viviam juntas e o quarto estava todo ensanguentado, achamos a faca usada no crime suja de sangue, que foi colocada junto com roupas de crianças para disfarçar”, disse.

Populares informaram ao policial também que um homem disparou cinco tiros, mas de acordo com informações obtidas no HGCA, nenhum tiro atingiu a suspeita. “O cara estava na carroça, veio um cidadão e deflagrou cinco tiros, o cara saiu correndo e ela caiu, segundo populares. Ela iria desovar o corpo, abriu a parte de cima do colchão Box, jogou o corpo e contratou o carroceiro para levar o corpo. Ele saiu correndo quando houve os disparos”, informou o policial.

Fonte: Acorda Cidade
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...