Analytics

menu

Image Map

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

Adsumus: promotor diz que mesadas criminosas eram de R$ 4 milhões nos municípios de Muritiba e Santo Amaro

Promotor João Paulo Shoucair | Foto: Reprodução 
Após a sexta fase da operação Adsumus, deflagrada na manhã desta segunda-feira (18), o promotor de Justiça João Paulo Santos Schoucair afirmou em coletiva de imprensa, na tarde de hoje, na sede do Ministério Público da Bahia, no bairro de Nazaré, que as mesadas criminosas nos municípios de Santo Amaro e Muritiba chegaram a R$ 4 milhões.

“Com a homologação da contribuição em 2016 do dono da loja de material de construção e do posto de gasolina, permitiu que a gente avançasse na nossa investigação e nós descobrimos um novo desviou no contrato de lixo, de cobrança explicita de propina mensal e duradora. A estimativa desse valor é de que, entre Santo Amaro e Muritiba, se lucrou ilicitamente R$ 4 milhões, mensalmente, mesada criminosa, o que permitiu ao MP deflagrar essa fase no dia de hoje, que a gente diz que é cirúrgica e para mostrar a sociedade que ninguém está acima na lei, e sufocar financeiramente atacando aqueles que a gente entende que oxigena esse sistema, ou seja, os empresários que facilitavam essa jogatina criminosa”, explicou o promotor.

A nova fase da operação foi possível após a colaboração premiada. A investigação descobriu novos desvios milionários através de fraudes na aquisição de combustível junto à RL Derivados de Petróleo e na contratação do serviço de limpeza pública junto à empresa MRC Construções, que possui atuação nos municípios de Santo Amaro e Muritiba. Informações do Bocão News.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook