Analytics

menu

Image Map

terça-feira, 14 de agosto de 2018

Maragogipe: Secretaria de Saúde emite nota falando sobre o atendimento às duas filhas e a mãe que morreram em menos de um mês

Foto: Arquivo pessoal
Após repercussão da morte de três pessoas de uma mesma família - mãe e duas filhas - na localidade de Nagé, município de Maragogipe, que deixou toda Região do Recôncavo consternada com a notícia, a Secretaria de Saúde de Maragogipe emitiu uma nota informando como foi procedido o atendimento à cada uma das vítimas que morreram em menos de um mês, em três segundas-feiras consecutivas (saiba mais aqui). Ainda na nota, a secretaria solicita celeridade nos resultados da necropsia feitos pelo Instituto Médico Legal (IML). Leia o texto na íntegra:

"A Secretaria Municipal de Saúde informa que a Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24h de Maragojipe prestou atendimento imediato à criança e à mãe que deram entrada na unidade nos dias 6 e 13 de agosto de 2018, respectivamente.

De acordo com o médico plantonista, em 06 de agosto de 2018, a criança deu entrada na unidade já desfalecida, sem outros sintomas aparentes. Foram realizados os procedimentos de reanimação, porém sem sucesso.

A genitora da criança deu entrada na unidade, no dia 13 de agosto de 2018, expelindo secreção pela boca, dentre outros sintomas. Foram realizados todos os procedimentos cabíveis para o quadro apresentado, sem êxito, chegando a paciente a óbito em poucos minutos.

Em relação à criança da mesma família, que faleceu no dia 31 de julho de 2018, a Secretaria de Saúde de Maragojipe não tem um posicionamento a respeito, tendo em vista que a mesma foi encaminhada e recebeu atendimento em hospital da cidade vizinha.

Os corpos das pacientes atendidas na UPA 24h foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML), a fim de apurar possíveis causas criminosas. Somente o laudo da necropsia poderá revelar a causa das mortes. A Polícia Civil do Município abriu inquérito para apuração e está investigando o caso.

Um pedido de adiantamento do resultado dos exames de necropsia está sendo encaminhado pelo Município ao IML. A Secretaria de Saúde realizou exames no pai/marido das vítimas e aguarda resultados. A Diretoria Regional de Saúde (Dires) e a Vigilância Epidemiológica foram acionadas para dar suporte na investigação.

O Município, solidário com a dor dos familiares e preocupado com o mistério do caso, está prestando todo o apoio necessário para apuração dos fatos a fim de encontrar rapidamente as respostas e adotar as providências que se fizerem necessárias." #PortalDdN
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook