Analytics

menu

Image Map

sábado, 1 de setembro de 2018

Pastor se desculpa por ter tocado seio de Ariana Grande

Foto: Reprodução
O pastor Charles H. Ellis III, que celebrou o funeral da cantora Aretha Franklin, desculpou-se após ser acusado de ter assediado em público a cantora Ariana Grande durante a cerimônia fúnebre, gerando muitas críticas ao religioso nas redes sociais e uma grande indignação por parte de fãs da estrela pop.

Ariana, de 25 anos, interpretou o clássico You Make Me Feel Like a Natural Woman, de Aretha Franklin, durante seu funeral. Depois de cantar, foi cumprimentada pelo pastor Charles H. Ellis III, que passou o braço por trás das costas da cantora e repousou a mão na lateral do seio da artista.

Segundo a AFP divulgou neste sábado, 01, com a repercussão do fato, o pastor teria declarado à imprensa norte-americana que "nunca seria minha intenção tocar o seio de nenhuma mulher. Não sei, suponho que a tenha envolvido com o braço", disse Ellis, para logo depois acrescentar: "Talvez tenha cruzado a fronteira, talvez tenha sido muito amigável ou familiar, mas, novamente, peço desculpas", assinalou.

No Twitter, diversas mulheres que assistiam ao funeral de Aretha Franklin começaram a escrever mensagens criticando a cena, que acabou exibida ao vivo, em rede nacional. "Lamento muitíssimo pelo que @ArianaGrande teve que passar, esse toque era mais do que descarado, e todos nós podíamos ver e sentir o desconforto da cantora", publicou a apresentadora de TV, Claudia Jordan.

Neste sábado, o pastor Ellis também se desculpou por uma brincadeira que fez com o nome da cantora: "Quando vi Ariana Grande no programa, pensei que se tratasse de algo novo na Taco Bell ", disse, referindo-se a uma famosa rede de fast-food mexicana. "Pessoalmente e sinceramente, eu me desculpo com Ariana, seus fãs e toda a comunidade hispânica", disse Ellis, embora a ascendência de Ariana Grande seja italiana. Com informações da AFP. 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook