Analytics

menu

Image Map

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Anelis Assumpção defende 'própria existência' em 'Taurina' e transforma traumas em canções

Foto: Divulgação / Caroline Bittencourt
A cantora e compositora paulista Anelis Assumpção apresenta nesta sexta-feira (26), em Salvador, a turnê do seu terceiro disco autoral "Taurina", no Largo Pedro Arcanjo, no Pelourinho, a partir das 20h. O show de abertura ficará por conta de Saulo Duarte, que irá apresentar o seu novo trabalho "Avante Delírio", num trio com Zé Nigro e Curumin.

Anelis é do signo de Touro, mas em conversa com o Bahia Notícias explicou que a escolha do título do álbum vai além do questão astrológica. “Eu tinha pensando em outros nomes, mas quando foi chegando a etapa final da produção do disco, eu fui reconsiderando. Comecei a pensar que eu queria que tivesse muito uma associação com um animal.

Percebi como características do signo de touro estavam presentes no disco, mas isso também me incomodava, eu não queria que ficasse parecendo uma coisa somente astrológica, fazendo uma referência ao que é mais forte do signo como comida e tal”. “Aí eu comecei a ligar o bicho a ‘Taurina’, que é quase um bicho inventado na minha cabeça. Não é a mulher do signo de touro e nem tão pouco é uma vaca, ela é quase um centauro, só que no feminino, mas é uma vaca e não um cavalo.

E eu fui juntando essas referências da vaca, em como nós convivemos com ela, porque tem tanta simbologia através desse bichos... No oriente por exemplo existe uma interpretação bem diferente da nossa, toda a exploração desse animal, tudo que a gente usa dele. Acho que fui juntando tudo, até chegar na ‘Taurina’”, explica a cantora.

Fonte: Bahia Notícias
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook