Analytics

menu

Image Map

sábado, 15 de dezembro de 2018

Palmeiras põe planejamento de Felipão em prática e não trabalha com ideia de perder técnico

Foto: Marcos Ribolli
O planejamento do Palmeiras para 2019 passa por Luiz Felipe Scolari. Apesar de sondagens após a conquista do Campeonato Brasileiro, a diretoria não trabalha com a hipótese de perder o treinador neste momento. 

Felipão tem contrato com o Palmeiras até o final de 2020. Nas cerimônias de premiações do título brasileiro, chegou a admitir convite para dirigir a seleção colombiana, mas as conversas não avançaram. Nas mesmas entrevistas, o treinador admitiu que gostaria de contar com a manutenção dos principais jogadores e mais dois ou três reforços, especialmente atacantes de velocidade pelos lados do campo. O pedido vem sendo atendido. 


O Palmeiras já se acertou com o Pyramids para a compra de Carlos Eduardo e aguarda a resolução de pendência entre o atacante e o clube egípcio para finalizar o negócio. Ele nem deve ser relacionado para o último jogo do ano. A iminente contratação de Carlos Eduardo não deve ser a única para a posição. O clube enxerga essa carência desde a saída de Keno – que curiosamente é um dos nomes da lista de alvos – para o próprio Pyramids e a viu aumentar com a lesão de Willian, que rompeu ligamento do joelho direito e será baixa no primeiro semestre. Até o momento, dois reforços foram anunciados: o meia Zé Rafael e o atacante Arthur Cabral. Também há acerto adiantado com Matheus Fernandes, volante que pertence ao Botafogo.

Fonte: GE
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook