Analytics

menu

Image Map

sábado, 26 de janeiro de 2019

Eleição OAB: Nova impugnação na Justiça é movida contra chapa por não ter mulher

Foto: Divulgação
A Associação dos Advogados e Estagiários do Rio de Janeiro ajuizou uma ação para suspender a eleição da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) por não respeitar as cotas de gênero. A única chapa que concorre ao pleito é formada por cinco homens: Felipe Santa Cruz ao cargo de presidente, Luiz Viana como vice-presidente, para secretário geral Beto Simonetti, para secretário-geral adjunto Ary Raghiant e José Augusto Noronha concorre a tesoureiro . Essa é a segunda impugnação à chapa feita nesta eleição.

A ação tramita na 6ª Seção Judiciária do Rio de Janeiro. A associação afirma que “quem exige o cumprimento de cotas para as eleições de seu estado deve respeitar o próprio procedimento por si criado, a fim de trazer transparência para suas atitudes e respeitar os direitos de outrem, pois essa é a única atitude possível de quem pretende a direção da OAB”.

Anteriormente, um coletivo de advogadas questionou a chapa por não respeitar a cota de 30% para mulheres. O pedido foi rejeito pela Ordem. Uma resolução interna da OAB prevê que as cotas de gênero serão válidas a partir de 2021.

Três dos quatro advogados que assinam o documento fizeram parte da campanha eleitoral para presidir a OAB-RJ como oposição à chapa vitoriosa de Luciano Bandeira. Santa Cruz era candidato a conselheiro federal na chapa de Bandeira.

Fonte: Bahia Notícias
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook