Analytics

menu

Image Map

sábado, 5 de janeiro de 2019

Presidente do STF, Toffoli pede a PGR parecer sobre pedido de liberdade de João de Deus

Foto: Marcelo Camargo
O ministro Dias Toffoli, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu, nesta sexta-feira (4), que a Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifeste a respeito do pedido de liberdade da defesa do médium João de Deus.

Ele está preso desde 16 de dezembro de 2018, no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, acusado de violação sexual mediante fraude e dois crimes de estupro de vulnerável.

O pedido de Toffoli se dá após a juíza Marli de Fátima Naves, do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO), afirmar não haver, “até a presente data”, qualquer variação no estado de saúde do médium que exija sua transferência para um hospital.

A PGR tem 48h para apresentar um parecer sobre o pedido de prisão domiciliar feito pela defesa. Na última quarta-feira (2), João de Deus passou mal e recebeu atendimento médico no local em que está detido e depois foi encaminhado para o Hospital de Urgência de Goiânia, onde foi submetido a uma série de exames clínicos.

Fonte: Bahia Notícias
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook