Analytics

menu

Image Map

sábado, 23 de fevereiro de 2019

Em vídeo gravado no Amazonas, médico agride mulher em trabalho de parto

Foto: Reprodução 
Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um médico agredindo uma mulher em trabalho de parto. Segundo a Secretaria de Saúde do Amazonas (Susam), as imagens foram gravadas em 2018, na Maternidade Balbina Mestrinho, em Manaus. No vídeo, é possível ver o médico Armando Andrade Araújo, 70 anos, batendo na virilha da paciente, que está em trabalho de parto.

Além disso, a paciente está completamente nua, não com o avental hospitalar específico para a situação. Em nota, a pasta informou que, apesar de não haver qualquer registro na maternidade ou na Ouvidoria, "irá solicitar à direção do Instituto de Ginecologia e Obstetrícia do Amazonas (Igoam), empresa ao qual o profissional é cooperado, o seu afastamento".

A Susam ainda acrescentou que "já tramita um processo administrativo para apurar outra denúncia contra o médico". Armando já foi preso em 2015, na Operação Jaleco da Polícia Civil, por suspeita de participação em um esquema de cobrança ilegal de cirurgias em unidades públicas de saúde. Eles chegavam a cobrar entre R$ 1 mil e R$ 2,8 mil para procedimentos como partos e laqueaduras.

O Conselho Regional de Medicina do Amazonas (Cremam) afirmou, em nota, que será aberta uma "Sindicância ex officio". "Se houver alguma infração ao Código de Ética Médica, será aberto um Processo Ético Profissional", explicou.

Fonte: Voz da Bahia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook