Analytics

menu

Image Map

sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Detentos casam em conjunto penal durante cerimônia coletiva na Bahia

 Foto: Reprodução
Detentos do Conjunto Penal Nilton Gonçalves, localizado na cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia, participaram de uma atividade muito especial na manhã desta sexta-feira (30). Com direito a buquê de flores, vestido de noiva, dama de honra e presença de familiares, eles oficializaram a união com as companheiras, dentro da unidade prisional.

O projeto está em processo de organização há 2 anos. Em fevereiro deste ano, a documentação foi liberada. Em maio, começou o processo de escolha dos casais. A cerimônia coletiva foi a primeira do tipo na cidade e reuniu 14 casais. O evento começou logo cedo, com a preparação dos noivos e noivas no presídio.Para os apaixonados, os últimos detalhes antes de um dos momentos mais importantes da vida. Entre os noivos, estava Antoniel Santos.

Após 9 anos de namoro, ele e a companheira se tornaram marido e mulher. A gente já tem 9 anos vivendo junto, aí eu falei pra ela: 'Já está na hora de casar'. Aí, ela aceitou", contou Antoniel Santos. Ansiosa, a noiva, Jassiara Oliveira, conta que nem dormiu na noite anterior. "Não preguei o olho. Fiquei acordada a noite toda. Preocupada também, né, de chegar na hora, se vai dar tempo... e pensando nele também. Porque eu vim visitar ele na quinta e ele já estava ansioso.

Eu falei: 'Não vai passar mal lá não. Pelo Amor de Deus'", disse Jassiara Oliveira. Pouco depois das últimas arrumações, o pátio do presídio virou um salão de cerimônia, com arranjos, bolo e muito amor no ar. Após os preparativos, chegou o momento tão aguardado pelos casais. Primeiro os noivos e família entraram, depois as noivas. A ambientação do momento com teclado e outros instrumentos também foram feitas pelos ressocializados.

 Felicidade no olhar de todos e também de Mércia Lima, psicóloga que criou o projeto que possibilitou a cerimônia e agora viu dar certo. "A família a gente sabe que é a base e é importante. Tem uma importância singular no processo de ressocialização e reintegração do reeducando na sociedade, contou Mércia. Casamento coletivo que rendeu orgulho para a direção do Conjunto Penal Nilton Gonçalves, que um dia sonhou com esse momento.

"É um momento de grande expectativa, porque nós estamos lidando com sonhos, realização de sonhos, com responsabilidade social. Então, a expectativa é grande", falou Luciano Tourinho, diretor acadêmico da Faculdade Santo Agostinho, uma das realizadoras da cerimônia. "Um sentimento de dever cumprido, porque foi o trabalho de uma equipe toda. E chegamos a esse momento com um sentimento de dever cumprido, para mais uma ação social que o Conjunto Penal desenvolve", disse o capitão Gilberto Santos, diretor da unidade.

Fonte: G1
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook