Analytics

menu

Image Map

sexta-feira, 10 de janeiro de 2020

Após caso de agressão, São Paulo suspende contrato de Jean

Foto: São Paulo Futebol Clube/Divulgação
Jean não vai mais vestir a camisa do São Paulo. E agora é oficial. O clube paulista publicou nesta quinta-feira (9), que o contrato do goleiro baiano está suspenso até o final de dezembro de 2020 e o atleta de 24 anos está livre para buscar um outro clube.

Caso ninguém contrate Jean até o final da suspensão, o clube paulista poderá decidir pela rescisão do contrato, que é válido até dezembro de 2022. No final do último ano, Jean foi preso nos Estados Unidos acusado de agredir sua esposa, Milena Bomfim, no quarto de hotel onde o casal estava hospedado junto com suas duas filhas em Orlando.

Após a prisão do goleiro, o São Paulo divulgou uma nota oficial confirmando que uma posição já foi tomada mas, por “questões legais”, só será anunciada quando o atleta voltar de férias.

No comunicado, o clube afirmou que "não tolera e não admite episódios como os que foram noticiados hoje, de violência contra a mulher", e também destacou que o "jogador de futebol é exemplo para a sociedade - forma opinião e influencia comportamento - e por isso tem de ter consciência daquilo que representa pelo que faz não só dentro, mas também fora de campo, e consequentemente da responsabilidade que carrega". Com o final das férias, o clube tornou pública a decisão de suspender o contrato de Jean.

Fonte: Correio da Bahia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook