Analytics

sexta-feira, 31 de janeiro de 2020

Após recomendação do MP, concurso público de Conceição de Feira pode ser suspenso

Foto: Reprodução
O Ministério Público da Bahia (MP-BA) recomendou, nesta sexta-feira, 31, a suspensão, no prazo máximo de 72h, do concurso público realizado pela prefeitura de Conceição da Feira.

O certame organizado pela Suprema Concursos e Consultoria Técnica LTDA e aplicado no dia 15 de dezembro de 2019, teve o resultado divulgado na última terça-feira, 28. Após a divulgação da lista de aprovados, diversos candidatos denunciaram uma possível fraude. Entre os aprovados constam nomes com parentesco de primeiro, segundo e terceiro grau com vereadores e com a vice-prefeita do município.

"Segundo o promotor de Justiça Marcel Bittencourt, o concurso deve continuar suspenso até que sejam concluídas as investigações realizadas pelo Ministério Público e pela Polícia Civil. Além disso, o Município deve se abster de homologar o referido processo seletivo e encaminhar resposta por escrito ao MP, no prazo de dez dias úteis, a contar de hoje, dia 31, informando sobre o cumprimento da recomendação", comunicou o MP-BA, através de nota.

Além disso, o órgão também recomendou à empresa Suprema Concursos que se abstenha de praticar qualquer ato no âmbito do concurso público. A prefeitura do município havia se pronunciado, utilizando uma nota de esclarecimento, na quinta-feira, 30. "A Prefeitura Municipal de Conceição da Feira afirma não compactuar com qualquer tipo de irregularidade eventualmente praticada, repudiando veemente fatos desabonadores da ética e da moral que devam estar presentes na condutas de todos os seus integrantes", informou a nota.

"O procedimento será detalhadamente analisado, agora pelos membros do Poder Executivo, em conjunto com o Ministério Público Estadual, sendo o resultado publicado de forma ampla e transparente à toda a população pelos veículos de comunicação institucional e imprensa, sendo que qualquer mínima macula ou vestígio de vício ensejará na anulação e renovação do concurso público, assim como na responsabilização dos envolvidos", frisou a prefeitura através da nota.

Fonte: A Tarde
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook