Analytics

menu

Image Map

sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Muritibano protesta contra o judiciário na Corrida de São Silvestre, em São Paulo

Foto: Ana Letícia Leão | Agência O Globo
Nesta terça-feira, 31/12, véspera de ano-novo, entre as 35 mil pessoas que participaram da 95ª edição de uma das mais famosas corridas de rua do mundo, a Corrida de São Silvestre, estava o muritibano Jorge Rezende.

Em plena Avenida Paulista, Jorge fez o percurso da corrida com uma faixa protestando contra o judiciário brasileiro.

O aposentado Jorge Rezende, de 60 anos, veio de Muritiba, Recôncavo da Bahia, não só para correr a São Silvestre. Segurando um cartaz com os dizeres “Justiça Brasileira, o Porto Seguro para os bandidos ricos”, Rezende afirmou que o cansaço de segurar a placa durante toda a corrida vale a pena pela força do protesto.

“Não desisto de carregar a placa durante a corrida. Vale a pena o sacrifício, e o brasileiro não desiste nunca.Infelizmente, estamos vivendo uma ditadura do Judiciário, que só beneficia os privilegiados. Só tem direito à Justiça quem tem dinheiro, quem não tem fica à mercê,” disse ao jornal O Globo.
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook