Analytics

menu

Image Map

Nobeta

quinta-feira, 5 de março de 2020

Residentes da saúde com atuação em 6 cidades baianas paralisam atividades

Foto: Reprodução
Profissionais que fazem residência na área de saúde em pelo menos seis cidades baianas paralisaram as atividades por terem sofrido redução no valor da bolsa-salário. Os residentes atuam como fisioterapeutas, nutricionistas, dentistas e enfermeiros.

As cidades com paralisação são Una, no Sul baiano, Bonito, na Chapada Diamantina, Dom Basílio e Guanambi, no Sudoeste, Bom Jesus da Lapa, no Oeste e Mairi, na Bacia do Jacuípe. Segundo a TV Sudoeste, os residentes afirmam que a redução da bolsa-salário ocorreu após o aumento da alíquota do INSS, sob a lei da Reforma da Previdência, que passou de 11% a 14%.

O reajuste gerou prejuízo aos profissionais. Em nota, o Ministério da Saúde declarou que analisa os cenários de correção no valor das bolsas de Residência em Saúde, em parceria com o Ministério da Educação, parlamentares e entidades de classe. A pasta ainda disse que reforçou a importância do trabalho dos residentes no SUS [Sistema Único de Saúde] e que debate a melhor forma de adequar as solicitações da categoria.

Fonte: Voz da Bahia 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook