Analytics

segunda-feira, 13 de abril de 2020

Devido gastos com a pandemia, prefeito de Simões Filho reduz o próprio salário

Foto: Reprodução
O prefeito Diógenes Tolentino, o Dinha, da cidade de Simões Filho, reduziu 25% do seu salário para ampliar verba destinada ao combate do coronavírus no município.

O vice-prefeito e outros funcionários da administração da cidade também terão redução em seus pagamentos, mas em porcentagens menores. A informação é do Diário Oficial do Município, divulgada extraordinariamente na noite do último sábado (11). Segundo os dados, a medida terá previsão de durar 90 dias ou o tempo em que Simões Filho permanecer em estado de calamidade pública.

No salário do vice-prefeito serão reduzidos 10% do valor. Cortes também serão feitos nos pagamentos de secretários, superintendentes e vereadores.

O decreto também informou que a prefeitura vai suspender Condições Especiais de Trabalho, com exceção para profissionais que estão trabalhando diretamente no combate a Covid-19. Até agora, a cidade de Simões Filho possui três casos confirmados da doença, de acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab).

Fonte: Bahia Notícias 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook