Analytics

sexta-feira, 7 de agosto de 2020

Cruz das Almas e outros municípios baianos podem ter volta de transporte na próxima semana

Foto: Reprodução 
Cidades distantes até 100 quilômetros de Salvador podem ter o retorno do transporte intermunicipal a partir da próxima semana. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (7). Segundo o governo, para a flexibilização ocorrer a taxa de ocupação dos leitos de UTI precisa ficar abaixo de 70%. Ônibus e embarcações devem ser os primeiros a serem liberados entre cidades.

Nos transportes serão exigidos protocolos para evitar o contágio pela Covid-19, como testagem periódica de funcionários dos transportes e terminais, além da ocupação de 50% da capacidade. Segundo o governador Rui Costa, nas cidades com mais de 100 km de Salvador o retorno dos transportes ainda será analisado.

Segundo o governo, no sistema hidroviário (Lanchinhas e Ferry Boat) vale a ocupação máxima em 50%. A novidade será o cumprimento do quadro de horário regular, incluindo sábados, domingos e feriados.

Em relação aos ônibus intermunicipais, os veículos vão poder circular com 50% de ocupação, venda de passagens antecipadas e testagem dos funcionários. Fazem parte desta categoria 42 municípios, que terão os transportes liberados entre si, a exemplo de Salvador, Cruz das Almas, Feira de Santana, Alagoinhas e Santo Antônio de Jesus. Os veículos não podem operar fora do raio definido. As saídas e chegadas de transporte interestadual também poderão ser retomadas apenas nas 42 cidades listadas a seguir, cumprindo todos os protocolos citados.

Também não pode sair linhas interestaduais de municípios que não estão na lista. Já as operações das linhas metropolitanas serão retomadas em todas as cidades com ligação rodoviária. Salvador, Lauro de Freitas e Simões Filho, que mantinham linhas operando devido à ligação física entre os municípios, passam a operar linhas também com Camaçari, Candeias, Dias D’Ávila, Madre de Deus, Mata de São João, Pojuca, São Francisco do Conde e São Sebastião do Passé.

Fonte: Bahia Notícias 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook