Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução
O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou nesta terça-feira a aprovação de uma vacina contra a covid-19 sem completar os testes em humanos.

A declaração, mais propagandística do que científica, gera mais perguntas do que respostas. A comunidade científica mundial desenvolveu 167 vacinas experimentais diferentes contra a covid-19 e 28 delas já estão sendo testadas em humanos, segundo o registro da Organização Mundial da Saúde.

Os países mais adiantados nessa corrida são Reino Unido, China, EUA e Alemanha, segundo a lista oficial da OMS, na qual a Rússia aparece longe dos primeiros lugares, apesar de ter anunciado nesta terça a aprovação de uma vacina. Por outro lado existem afirmações que a Rússia tem tecnologia suficientemente avançada para já ter realmente a vacina contra a Covid-19 (veja aqui)

Fonte: El Paris

Facebook