Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução
Ex-candidato do PT à presidência da República, Fernando Haddad passou a cumprir a decisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da cúpula do PT nacional de rifar a candidatura do deputado estadual Anísio Maia (PT) à prefeitura de João Pessoa. 

De acordo com o jornal O Globo, enquanto o petista paraibano faz campanha e briga na Justiça contra a decisão do diretório nacional que implodiu suas pretensões, Haddad decidiu abrir espaço em suas redes para entrevistar Ricardo Coutinho, ex-governador da Paraíba, a quem os caciques do PT resolveram apoiar na corrida em João Pessoa. 

Ricardo Coutinho foi preso pela Operação Calvário em dezembro de 2019, acusado de fraude em licitação e organização criminosa. Ele teve negado pelo STJ o pedido de viajar a Brasília para trabalhar nos dias úteis como presidente da Fundação João Mangabeira, do PSB.

Fonte: Bahia Notícias

Facebook