Foto: Reprodução\ Alan Santos
O presidente Jair Bolsonaro mentiu ao dizer que não há vídeo ou áudio em que ele tenha chamado de "gripezinha" a Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus. A declaração foi dada ontem (26), durante uma live nas redes sociais.
 
O presidente estava acompanhado do ministro da Educação, Milton Ribeiro, e do secretário de Alfabetização do Ministério da Educação, Carlos Nadalim. "Falei lá atrás que, no meu caso, pelo meu passado de atleta — eu não generalizei — se pegasse o Covid, não sentiria quase nada. 

Foi o que eu falei. Então, o pessoal da mídia, a grande mídia, falando que eu chamei de 'gripezinha' a questão do Covid. Não existe um vídeo ou um áudio meu falando dessa forma. E eu falei pelo meu estado atlético, minha vida pregressa, tá? Que eu sempre cuidei do meu corpo. Sempre gostei de praticar esporte", declarou Bolsonaro.  

Diferentemente do que o presidente afirma agora, porém, ele comparou, sim, os sintomas da Covid-19 a uma gripe em mais de uma ocasião. Em março, o presidente citou a "gripezinha", pelo menos duas vezes, ambas gravadas em vídeos oficiais do governo federal e transmitidas ao vivo. 

Bolsonaro tentava evitar a paralisação de atividades econômicas e minimizava os efeitos do novo coronavírus. Só em uma delas Bolsonaro refere-se às práticas desportivas que fazia no Exército. Ele se formou em Educação Física na Força Terrestre.


Fonte: Metro 1

Postagem em destaque

Facebook