Analytics

menu

Image Map

gov ba

Alta Vista

quinta-feira, 24 de dezembro de 2020

Ao lado de seu cachorro, homem salta de avião em movimento

Foto: Reprodução
Dois passageiros e um cachorro saltaram de um avião da Delta segundos antes da decolagem no aeroporto LaGuardia, em Nova York. Um dos passageiros disse que sentiu que precisava sair ou perderia o controle. A informação foi dada às autoridades durante uma audiência.

Os dois passageiros – Antonio Murdock, 31 anos, e Brianna Greco, 23, da Flórida – e o cachorro estavam a bordo de um voo com destino a Atlanta quando o homem abriu uma porta da cabine e ativou o escorregador de evacuação de emergência para sair do avião pouco antes da decolagem. 

Eles enfrentam acusações de invasão criminosa em terceiro grau, de acordo com Lenis Valens, porta-voz da Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey. Murdock também foi acusado de dano criminoso e risco de perigo em segundo grau. Durante a acusação de Murdock no Tribunal Criminal da Cidade de Nova York no Queens, uma comissária de bordo que estava no avião durante o incidente contou que primeiro viu um passageiro e uma passageira caminhando pelo avião, quando o aviso de cintos afivelados já estava acionado. Murdock então supostamente empurrou a comissária e abriu uma porta marcada como “saída de emergência”, o que fez com que o escorregador se abrisse e inflasse.

 O homem então pegou seu cachorro e saiu usando o escorregador, de acordo com o comunicado. A passageira, identificada como Greco seguiu Murdock pelo escorregador.Os três então saíram do avião para a pista de taxiamento. Posteriormente, as autoridades prenderam Greco e Murdock em uma área restrita da pista. A comissária informou às autoridades que não havia nenhuma situação no avião que obrigasse Murdock a abrir a porta de emergência. Jubril Oladiran, advogado de Murdock, preferiu não dar declarações.

O avião estava quase cheio, exceto pelos assentos do meio, deixados vazios de acordo com a política para Covid-19 da Delta. Após o ocorrido, o piloto avisou a todos na cabine que a saída de emergência foi ativada. O avião ficou parado na pista por quase uma hora. Depois que Murdock e Greco saíram do avião, a aeronave retornou ao portão e os passageiros desembarcaram, como relatou o porta-voz da Delta, Morgan Durrant. 

A companhia aérea acomodou os passageiros (exceto o casal) em voos alternativos. Murdock deve retornar ao tribunal em 9 de fevereiro, e Greco deve comparecer ao tribunal em 21 de março, conforme gabinete do procurador do distrito de Queens. Valens, porta-voz da Autoridade Portuária de Nova York e Nova Jersey, disse que o cachorro que acompanhava os dois foi levado a um abrigo de animais no Brooklyn. Um recibo para resgate do cão foi entregue a Greco.

Em um comunicado, a Federal Aviation Administration confirmou o incidente e as prisões e encaminhou perguntas adicionais à Delta e às autoridades locais.


Fonte: CNN
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook