Analytics

quarta-feira, 9 de dezembro de 2020

Bolsonaro decide demitir ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio

Foto: Reprodução
O ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio foi demitido pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nesta quarta-feira (9) Os dois se reuniram na tarde de hoje no Palácio do Planalto, ocasião em que foi anunciada a demissão.

O estopim da demissão foi uma mensagem de Álvaro Antônio no grupo de WhatsApp com os ministros dirigida ao ministro Luiz Eduardo Ramos, chefe da secretaria de governo, em que elenca suas ações em favor da candidatura de Bolsonaro e à frente da pasta. 

Na mensagem, à qual a CNN Brasil teve acesso, Álvaro Antônio chama Ramos de “traíra” e diz que general esconde de Bolsonaro o “ALTÍSSIMO PREÇO (sic)” que o governo tem pago por “aprovações insignificantes” no Congresso.

“Não me admira o Sr Ministro Ramos ir ao PR pedir minha cabeça, a entrega do Ministério do Turismo ao Centrão para obter êxito na eleição da Câmara dos Deputados”, diz um trecho da mensagem. “Ministro Ramos, o Sr é exemplo de tudo que não quero me tornar na vida, quero chegar ao fim da minha jornada EXATAMENTE como meus pais me ensinaram, LEAL aos meus companheiros e não um traíra como o senhor”, conclui. 

A demissão ainda não foi publicada no Diário Oficial. O nome mais cotado para substituir Álvaro Antônio é Gilson Machado, presidente da Embratur.


Fonte: CNN
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook