Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução
O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve anunciar a prorrogação do auxílio emergencial, depois do carnaval. O retorno dos pagamentos deve começar a vigorar em março. 

A nova rodada seria de três parcelas de R$ 200 mas deve atingir apenas metade dos trabalhadores que foram atendidos no ano passado, segundo previsão do plano que está em estudo. 

A ideia é que o custo com a extensão do benefício fique fora do teto de gastos, regra fiscal que impede que as despesas públicas ultrapassem, em crescimento, a inflação do ano anterior. A equipe econômica, no entanto, ainda defende a compensação por ações de ajuste fiscal.



Fonte: Metro1

Facebook