Analytics

sexta-feira, 5 de fevereiro de 2021

Mandetta vê baixas chances de impeachment para Bolsonaro e afirma não ser hora de costurar apoios para 2022

Foto: Reprodução
Um dos nomes apontados como presidenciáveis para 2022, o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), afirmou que participará da movimentação para o próximo pleito eleitoral mesmo com as especulações de que seu partido possa apoiar a reeleição de Jair Bolsonaro (Sem partido), com o qual cortou relações após sua demissão do ministério em abril do último ano. 

Em entrevista, Mandetta afirmou que ainda não é o momento dos partidos articularem apoios e que o foco deve ser no enfrentamento da pandemia. “Todos os partidos estão em um momento de acomodação de quais são as suas perspectivas. 

Acabamos de sair de uma eleição da Câmara onde o Rodrigo Maia quis mostrar um caminho e outro partido quis outro caminho, então acho que esse debate vai acontecer na hora certa. Eu irei participar e quero estar disponível para ajudar em algo que eu acredite, que eu ache que valha à pena. Quero ver esse país em um caminho correto”, avaliou.



Fonte: Voz da Bahia
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Facebook