Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Foto: Reprodução
O mundo registrou na última semana, entre os dias 8 e 14 de fevereiro, 2,7 milhões de casos de coronavírus, uma diminuição de 16% em relação à semana anterior, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

O número de novos casos caiu 20% na semana passada na África e no Pacífico Ocidental, 18% na Europa, 16% na América do Sul e 13% no Sudeste Asiático. Apenas o leste do Mediterrâneo apresentou um aumento de 7%.

O número de novos óbitos no período também diminuiu 10% em relação à semana anterior, ainda de acordo com a OMS. No Brasil, contudo, os números não são animadores. O país registrou 1.195 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, chegando ao total de 242.178 óbitos. Com isso, já são 28 dias com a média de mortes acima da marca de 1 mil.

A variação foi de 0% em comparação à média de 14 dias atrás, indicando tendência de estabilidade nos óbitos pela doença. O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, informou na segunda-feira (15) que o número de novas infecções diminuiu pela quinta semana consecutiva, desde a semana de 4 de Janeiro, quando o mundo registrou mais de cinco milhões de casos. 

“Isso mostra que medidas simples de saúde pública funcionam, mesmo na presença de variantes”, afirmou Tedros. “O que importa agora é como reagimos a essa tendência. O fogo não apagou, mas reduzimos o tamanho. Se pararmos de combatê-lo em qualquer uma das frentes, ele voltará forte”, disse.



Fonte: G1

Facebook