Foto: Reprodução
O apóstolo Valdemiro Santiago, fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, teve a quebra de sigilo bancário no período entre de 28 de agosto de 2018 a 26 de janeiro de 2021, determinada pela Justiça de São Paulo.
 
A decisão da juíza Monica Di Stasi, da 3ª Vara Cível de São Paulo, atende ao pedido do proprietário de um imóvel em São Paulo que cobra cerca de R$ 22 mil em aluguéis não pagos pela igreja. 

A quebra de sigilo bancário visa descobrir se o patrimônio da igreja e o patrimônio do apóstolo confundem-se. O presidente em exercício da igreja na época da abertura do processo, Mateus Machado de Oliveira, também teve o sigilo bancário quebrado.


Fonte: Varela

Facebook