Foto: Reprodução
Um áudio vazado, atribuído ao Secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, revoltou secretários de saúde e prefeitos das cidades baianas.

Segundo o áudio, o secretário autoriza o uso das 40 mil vacinas contra a Covid-19, somente na cidade de Salvador. O Secretário justifica a distribuição unilateral pelo baixo volume de vacinas chegadas ao Estado.

Veja a transcrição do áudio a seguir:

"Stela, peço que você explique aos colegas secretários municipais, que essa quantidade de vacinas é muito pequena para distribuir para todo o Estado. Nós teríamos que gastar o dia de amanhã para fracionar e enviar para todos os municípios, que iriam receber isso na quinta-feira, e poder vacinar só na sexta. Nesta quinta, o Ministério já vai mandar um novo lote de vacinas, e Salvador está aqui do lado, é só pegar no almoxarifado e distribuir. A decisão que eu tive que tomar, rapidamente, foi com essa intenção: de poder não prejudicar o município maior da Bahia, e poder fazer com que essas vacinas sejam utilizadas o mais rápido possível, em 48 horas". 

Postagem em destaque

Facebook