Fonte: Reprodução
Empresas que atuam com turismo no Brasil já contabilizam perdas pesadas com a pandemia e, agora, temem pelo futuro. 

A percepção é que o aumento de contágios e mortes associado à demora na vacinação tende a deixar o país fora dos roteiros internacionais por um período mais prolongado que o previsto inicialmente. 

Segundo levantamento da CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo), conseguido em primeira mão pela reportagem, a pandemia do novo coronavírus levou ao encerramento de 35,5 mil estabelecimentos no setor de turismo em 2020. Trata-se do maior perda anual desde a crise de 2016, quando 44,9 mil estabelecimentos fecharam as portas.



Fonte: Folhapress

Postagem em destaque

Facebook