Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Imagem: Reprodução 
O Instituto Butantan entregou nesta segunda-feira (10/5) mais 2 milhões de doses da vacina CoronaVac para uso em todo o país. Já foram entregues, até o momento, 45,112 milhões ao Programa Nacional de Imunizações (PNI). 

A previsão é que o Instituto entregue mais 1 milhão de doses na quarta-feira (12/5) e, com isso, poderá concluir o contrato inicial com o Ministério da Saúde de 46 milhões de doses disponibilizadas.

Logo após conclusão do primeiro contrato de 46 milhões de vacinas, assinado no dia 7 de janeiro deste ano, serão iniciadas as entregas de um lote de mais 54 milhões de doses referentes ao segundo contrato com o PNI. A previsão é entregar o total de 100 milhões de doses até 30 de agosto. 

Contudo, o Instituto teme que essa produção possa ser afetada pela falta de insumos. O diretor do Butantan, Dimas Covas, confirmou a possibilidade de, após a entrega de doses desta semana, não haver mais matéria-prima para produzir novas doses. 

“A situação ainda é a mesma da semana passada, não temos definição da liberação do insumo na China. Existe a expectativa da liberação de 4 mil litros. Esperamos que até quarta-feira tenhamos uma notícia positiva. Temos trabalhado com a Sinovac e a embaixada da China, mas a situação ainda é a mesma da semana passada”, disse.


Fonte: AratuOn

Facebook