Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Na foto, locutores Carla e Romário com o secretário Marcelo | Divulgação
Após alguns estabelecimentos comerciais de Santo Antônio de Jesus (BA) serem recomendados pelo Ministério Público a não contratar serviços de locução, uma reunião realizada nesta última quarta-feira (05), decidiu o futuro dos locutores porta de loja. 

Na terça-feira, dia 4, os locutores Romário Souza e Carla Barreto informaram que estavam recebendo ligações de empresários cancelando serviços já contratados, devido a recomendação recebida. No mesmo dia, durante uma entrevista concedida por Romário e Carla na Clube FM, ambos prometeram articular com a categoria para todos os locutores de porta de loja trabalharem com o volume do som em até 70 decibéis. Eles também sugeriram que o órgão competente fiscalize o serviço. 

O promotor de justiça, Dr. Julimar Barreto Ferreira, que também participou da mesma entrevista, assegurou que conversaria com o secretário do Meio Ambiente para ver a possibilidade da liberação. Nesta última quarta-feira, dia 5, os locutores Romário e Carla se reuniram com o secretário da pasta Marcelo Barreto, o qual informou que a categoria pode, a partir desta quinta-feira, dia 6, retomar suas atividades, desde que não ultrapasse o nível de decibéis permitido.

Fonte: Tribuna do Reconcânvo

Facebook