Diário da Notícia | Recôncavo Baiano - Rubem Júnior
Imagem: Reprodução 
Por causa de uma dívida no aluguel de um imóvel em Sorocaba, a Justiça de São Paulo bloqueou R$ 58.190,48 da Igreja Universal do Reino de Deus. De acordo com informações do UOL, o imóvel foi alugado em 2009 para sediar um dos templos da Universal na cidade. 

Em 2020 com a atual pandemia, a igreja passou a transferir apenas parte dos valores acertados em contrato e atrasou alguns pagamentos. A proprietária do imóvel disse à Justiça que tentou negociar amigavelmente com a igreja, mas que foi “sumariamente ignorada“.

Na defesa apresentada à Justiça, a Universal não negou a dívida. Desde o ano passado, a igreja do bispo Edir Macedo tem sido alvo de uma série de processos por falta de pagamento de aluguéis, muitos com pedido de despejo. 

Em uma ação semelhante sobre revisão dos valores cobrados no aluguel de um templo no Brás, em São Paulo, a Universal diz que se mantém exclusivamente da doação dos fiéis e que a pandemia afetou as receitas. De acordo com a Igreja, outro fator que tem contribuído para as dificuldades financeiras é o desemprego.

“É de conhecimento público que o país atinge recorde de desemprego, ultrapassando a alarmante marca de 14 milhões“, afirmou à Justiça. Em agosto de 2020, a Procuradoria-Geral da República (PGR) de Angola ordenou o fechamento de templos da Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) no país africano. A instituição brasileira é acusada de praticar crimes e virou alvo de processo penal na Justiça angolana.



Fonte: A Tarde

Facebook